Meu DEUS DO CEÚ, A MINHA DOADORA APARECEU!!! E VAI DOAR A MEDULA!!

118 Comentários

É com as mãos completamente trêmulas, vacilantes e quase paralisadas, e com o coração gritando de tanta emoção, que COMUNICO a todos que pelas mãos de Deus, de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, e de vários anjos de carne e osso, que a doadora de medula 100% compatível comigo voltou a entrar em contato com o REDOME (Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea) confirmando a doação da medula, notícia que acabo de receber da minha médica com uma alegria que jamais ousei sentir em toda a minha vida. O grito saiu seco, do fundo d’alma, com uma força que, de tão arraigada, nada mais fez do que sair e voltar com a mesma intensidade pro fundo do peito. É emoção demais meu Deus do Céu!!

E como não começar os agradecimentos senão pelo principal anjo dessa história. Aquela que deixou suas atividades rotineiras para se cadastrar como doadora de medula óssea. Aquela que se prontificou a doar quando foi acionada. Aquela pela qual parecia mais fácil nutrir, ainda que no fundo do âmago, um sentimento de revolta (e pré-julgamento) por não estar atendendo aos comunicados do REDOME, mesmo desconhecendo (continuamos desconhecendo!) os motivos (se é que houveram motivos) que a levaram a isso.

Tive sempre um grande cuidado de cunho espiritual interno, apesar do sentimento (não nego!) de frustração que bateu com uma violência cartesiana: nunca nutrir nenhum tipo de sentimento ruim em relação a doadora, ainda que a indisponibilidade se confirmasse. Cheguei a falar isso com insistência nos comentários do blog com relação a possível desistência:

“Vamos levar essa ideia adiante (…), os nossos medos sempre existiram, e não são nenhum pecado. A doação sempre foi e deve continuar sendo voluntária, e é justamente aí que deve entrar pesada a mão do Estado para levar informação de qualidade, que se não elimina, reduz os nossos receios para patamares compreensíveis. Não podemos condenar o que desiste, mas lamentar se a forma foi a mais correta.”

Meu Divino Pai Eterno, e que me desculpem os de escrita objetiva, mas TENHO que falar de novo pra acreditar: ELA VAI DOAR A MEDULA, PAI!! É muita graça…

Mas engana-se redondamente quem acredita que a maior graça foi alcançada pelo Sr. Gabriel Massote Pereira, mais novo proprietário de uma medula “zerinho, zerinho, Sílvio!!”. E não falo isso por falar. Não mesmo. Meus amigos, olhem para o lado, olhem o que fizeram, vejam o que conseguimos. Pensaremos da mesma forma daqui pra frente?

Fomos apresentados a uma das mais improváveis correntes do bem para esse tipo de missão pela vida. Fomentamos mais de 300.000 visualizações em 39 países e nos 5 continentes, desmitificando os estigmas da doação de medula óssea. Qual é o alcance dessa vitória? Podemos mensurar? Você, uma dessas 300.000 pessoas que fizeram parte dessa campanha, quem sabe o grande responsável pela virada dessa história, eu gostaria que você sentisse o orgulho de contar a um amigo, a um familiar, de peito largo: EU FIZ, EU SOU PARTE DISSO!

Enchemos os hemocentros do país de ponta a ponta com pessoas (que até ontem morriam de medo do procedimento), e que agora, munidas de conhecimento, se cadastram como doadores de medula óssea como se estivessem (estão!) em pleno dever cívico. Quantas vidas poderão serão salvas no futuro? Aos que já agendaram ou pretendem ir, peço: não parem por aqui.

Pude responder a centenas de mensagens de pessoas que inicialmente gostariam de doar a medula para “O GABRIEL”, pela história, pela foto difícil, pela luta, mas que logo viram muito além, e entenderam que a mensagem é muito maior: a luta é pela vida do Gabriel sim, mas também pela luta do João Gabriel, da Maria das Dores, da Duda, do Pietro. E agradeciam ao final, por terem tido a chance de enxergar algo que estava diante dos próprios olhos, tão próximo, tão fácil, bem ali.

Tivemos a chance de ver a emocionante dedicação de pessoas como a jornalista Lú Braga, que não mede esforços quando a matéria é ajudar o próximo (organizou uma das maiores campanhas de doação de medula da história de Rondônia). Pude ver o carinho com que ONG’s, como a ATMO – Amigos do Transplante de Medula Óssea (www.atmo.org.br) recepcionam nossa luta, mesmo completamente desprotegidas do ponto de vista estrutural, mas que sobrevivem da resistência e obstinação de suas idealizadoras. Precisam de doação. Almas mais que iluminadas, a exemplo de Liliane Peritone e Gláucia Galindo. Agradecimentos ao fantástico (e fodástico) Palê Zuppani, criador do Mielodramas, a ferramenta mais humana já criada para troca dessas experiências. Ao Tiago Leite, que saiba, está formal (e publicamente) convocado a se tornar o caricaturista oficial dos Doadores e Receptores de Medula Óssea. Emerson Castro, quanta dedicação. Minha família, pelo apoio e amor incondicional. Enfim, desleal seria tentar trazer, sem ser leviano, um rol minimamente justo de todas as pessoas que empenharam essa luta. Não é meu pai Osmar? Toda a resma disponível no planeta seria insuficiente.

Pelo menos o dono do milagre a gente sabe. E o santo É CASEIRO. Foram vocês, todos que se agregaram à luta!! Eu diria que fomos apenas supervisionados por Deus, por Nossa Senhora, que nos deram (ou pelo menos emprestaram) o cajado cheios de alegria e deixaram que a cadeia de esperança caminhasse por si só, com nossas próprias forças. Pretensão nossa? Talvez… Mas por que não assumirmos a nossa quota-parte nessa responsabilidade?

Éééé, mas o que é a vida senão essa composição de sentimentos que nos levam para caminhos muitas vezes distantes daquele que traçamos, e que, de repente, e totalmente sem aviso, nos dá um grande tapa na cara, mostrando-nos que o direcionamento está, numa visão otimista, todo errado.

Prometo não ser chato, mas isso leva a algo ainda maior meus amigos. E não vamos deixar esse bonde passar estando lotado de tantos sentimentos positivos. O momento não permite.

E por que digo isso? Pois não vamos parar com a história do Gabriel, que ainda vai lutar muito. Não vamos parar quando salvarmos (e vamos salvar!) a vida do Thiago, que aguarda a existência de seu doador em Uberlândia/MG. A missão não acaba com a doação de medula. Podemos fazer ainda mais?

Meus caros, temos um dos melhores sistemas nacionais de medula óssea do mundo. O REDOME e o INCA contam com os melhores e mais preparados profissionais (tem mão de Deus nisso!) que fazem do nosso país o terceiro maior banco de doadores do planeta. São seres abnegados, com estrutura reconhecidamente deficitária, e que fazem desse objetivo um ideal de vida e dedicação. São obcecados pela excelência do serviço que prestam à nossa nação.

Mas precisamos saber que podem não estar fazendo mais por falta consciente de investimento do Governo. Vocês sabiam que existem critérios muito bem definidos para LIMITAR (do verbo reduzir, mitigar, freiar) o número de doadores de medula óssea no Brasil?

Vocês sabiam que em todo o Estado do Acre, por exemplo, apenas 78 (setenta e oito) pessoas por ano (não é por dia não…) podem se cadastrar como doadores de medula óssea?

Vamos aprofundar a discussão, e podemos deixar o debate para o cenário próprio, mas não deixemos de dar uma xeretada na Portaria n. 844, de 02 maio de 2012 do Ministério da Saúde, assinada pelo Ministro Alexandre Padilha, que “Estabelece a manutenção regulada do número de doadores no Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME).”

E o pior é que tá funcionando, ou não temos sentido falta de campanhas doação de medula óssea (medula!!) nas campanhas oficiais na TV e rádio? Alguém já viu alguma demonstrando como é o transplante para o doador? O resultado é conhecido…

“Mas o número de cadastros de doadores de medula óssea no Brasil caiu 46% no primeiro semestre deste ano. De janeiro a junho de 2011, eram 381.100. E de janeiro a junho de 2012, o número passou para 205.618. Qualquer pessoa com idade entre 18 e 54 anos e boa saúde pode ser um doador.” http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2012/09/numero-de-doadores-de-medula-caiu-quase-pela-metade-no-1-semestre.html

Está acontecendo mais, preservada a autoria, trago uma das várias mensagens que recebi nesse período:

“Quando soube que o (…) estava doente e que ninguém na família era compatível, fiz uma campanha enorme na cidade, porém o estado do Maranhão é horrível em tudo. A cota já havia sido preenchida. Ai fretei 2 ônibus e levei mais de cem pessoas para o Piauí para fazer o cadastro. Andamos mais de 500 km.”

Cota?? Para quem interessar possa, o Maranhão, que de acordo com o IBGE possui mais de 6.714.314 (seis milhões, setecentos e quatorze mil, trezentos e quatorze) habitantes, pode cadastrar, pelo menos segundo o Decreto, pouco mais de 800 (oitocentas) pessoas por ano, ou 0,1% da população. Estamos diante de um limitador institucional de vidas? Ou não há nenhum brasileiro à espera de um doador? Até ontem, pelo menos, eu estava lá! Fico imaginando a reunião da cúpula: “Essas vidas estão custando caro demais, o transplante é caro…”.

A alegação é seca: faltam recursos. E será que é por isso (é uma pergunta, que fique claro) que não existem equipes especializadas próprias do Governo para fazer visitas presenciais aos doadores para conscientizar sobre a doação? É por isso que as campanhas de doação de medula não aparecem? Não sou técnico, não posso responder. Mas estaremos prontos para o debate. Contem com isso!

Bom gente, essa é a minha (espero que nossa) bandeira. Não posso receber uma graça de Deus tão grande como se dirigida para um único ser humano. Não tenho esse direito. Temos um trabalho pela frente, que é levar informação, fé, confiança e ESPERANÇA para as pessoas que depositam em nossa solidariedade, e na atuação do Governo (oxalá!), suas últimas chamas de esperanças. Eu sou um soldado, e você? E para finalizar, #euacredito. Obrigado a meu Salvador nos céus, e às minhas Salvadoras na Terra. Obrigado a vocês…

foto

Anúncios

118 comentários sobre “Meu DEUS DO CEÚ, A MINHA DOADORA APARECEU!!! E VAI DOAR A MEDULA!!

  1. Estou muito feliz por vc! Desejo que o transplânte seja um sucesso.Quanto a doadora,parabéns por essa iniciativa, Deus lhe pague.
    Gostaria de dizer que sou cadastrada no banco para doação, tenho uma sobrinha,Jéssica Pacola,que também esta a procura de uma medula compatível.
    Boa Sorte!

  2. Parabéns pela conquista! Mais do que merecida! Acompanhei por alto a sua história e me sensibilizei demais… Estou feliz por você… ^_^ E parabéns à doadora.

  3. Menino!!!! parabens pelas suas conquistas… pena que com a minha idade(73) eu ja não ,possa mais ser doadora… minha mae e minha irma~se foram com cancer. briguei muito com a UNIMED , por elas…. posso lhe dizer que graças a DEUS ganhei todas as batalhas…. sei que fizemos tudo …beijos no seu coração!!!!! MARLENE

  4. Bom, fico muito feliz por ver sua luta e seu bom humor frente a este desafio. A guerra é grande…mas o sabor da vitória depois será ainda maior e melhor!!! Deixo aqui meus parabéns pela garra e pela forma agradável de escrever…n dá vontade de parar de ler…e isto é bom, muito bom!!!rs O que tenho a dizer é que se vc transplantará no Sírio Libanês, logo, logo nos conheceremos…rsrs…sim…sou uma das enfermeiras do transplante!rs E, acerte tudo que logo nos veremos e o receberemos de sorriso no rosto e braços beeem abertos!!! Beijões e até mais… 😀

    • Oi Fran! Você AAAACHA que eu não te conheço!!! rsrsrs. Aqui no IBCC todas as enfermeiras já me falaram (e muito bem) de você. Muito obrigado pelos elogios e logo logo estarei dando trabalho para vocês aí. Grande abraço

      • Hahahahaha…. Meu Deus do Céuuuuu….rsrs Isso até me preocupa….kkk Juro, que daqui um tempo me candidato a Presidência da República deste jeito…huahuhua Bom, fico feliz por ler isto e espero corresponder a estas expectativas! Realmente, trabalhei no IBCC por 6 meses e fui muito feliz aí com este pessoal!!! Mande um beijo a todos por mim e um especial a você…e VEM LOGO PRA CÁAAA…..rsrs Grande abraço! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s